Cidade

O nome da Cidade de Nampula deriva do nome de um líder tradicional, Mphula ou Wam- phula. A sua cidade tem origem militar, com uma caracterís- tica que ainda hoje se mantem. Uma ex- pedição militar por- tuguesa, chefiada pelo Major Neutel de Abreu acampou nas terras de Wamphula a 7 de Fevereiro de 1907, pelo Major Neu- tel de Abreu, oriundo de Figueiró dos Vin- hos, em Portugal.

A verdade é que não existe uma obra condensada da sua história, vingando ap- enas apontamentos dispersos de vários autores. Ciente desse facto, Paulo Pires Teix- eira, com ascendên- cia em Figueiró dos Vinhos, deslocou-se por várias vezes para Moçambique para, entre outras obras, concluir as suas pes- quisas e investigações sobre a história de Nampula.

A pesquisa debruça- se igualmente sobre os diferentes episó- dios registados a par- tir de 1896, ano em que foi identificada a região de Mehehe do Régulo Terela M’Phula (Nampula) como es- tratégica para a con- strução de um posto militar e assim viabi- lizar a sua ocupação e pacificação, inicia- tiva que, entretanto, foi materializada por Neutel de Abreu a 7 de Fevereiro de 1907, o que levou a con- strução do Comando Militar de Macuana.

A povoação de Macu- ana foi criada em 6 Dezembro de 1919, tornando-se, deste modo, a sede de Cir- cunscrição Civil de Macuana em Junho de 1921. Com a chegada do Caminho-de-ferro, a partir do Lumbo (Ilha de Moçambique) para o desenvolvi- mento da povoação, Nampula foi elevada a categoria de Vila em 19 de Dezembro e de cidade, a 22 de Ago- sto de 1956.